Calheiros sobre Cunha: “Vão acabar decretando a prisão dele”

Presidente do Senado e colega de partido de Cunha, até Renan vem estranhando manobras como destituição de relator e troca de líderes

Brasília - Renan Calheiros preside sessão do Congresso Nacional destinada a analisar e votar projetos orçamentários. Entre os projetos o PLN 5/15, que ajusta a meta fiscal do governo (Valter Campanato/Agência Brasil)

Por telefone, Renan disse que Cunha deveria parar de tentar atrapalhar trabalhos da Comissão de Ética | Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

Até os colegas de partido do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) vêm estranhando a insistência em manobras que tentam impedir a abertura de processo que o investiga na Comissão de Ética da Casa.

De acordo com informações do jornal Valor Econômico, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) disse que, caso Cunha não pare com as tentativas de atrapalhar os trabalhos da Comissão, vai acabar preso.

O jornal ouviu a frase ser proferida por ele na noite desta quarta-feira (9/12), enquanto ele conversava com alguém pelo telefone. “A influência dele na comissão vem desde lá de trás. Mas, se ele continuar destituindo relator, trocando líder, manobrando com minorias, vão acabar decretando a prisão dele”, disse Calheiros.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Fabiano

E as manobras da Dilma, quando irão prendê-la por atrapalhar o impeachment?