Caiado solta dados falsos sobre saúde do Estado e admite que pretende manter OS

Candidato ao governo de Goiás pelo DEM, o senador Ronaldo Caiado foi entrevistado pela Rádio Interativa na manhã desta segunda-feira (13/8)

Foto: divulgação

Em entrevistado para a Rádio Interativa na manhã desta segunda-feira (13/8), o candidato ao governo de Goiás pelo DEM, o senador Ronaldo Caiado foi questionado sobre a saúde do Estado. Em meio a muitas críticas, Caiado acabou soltando dados inverídicos sobre o setor e admitiu que pretende manter as Organizações Sociais, caso seja eleito.

Entre os dados pouco precisos elencados pelo democrata, ele afirmou que “99% dos atendimentos na saúde de Goiás são de pacientes que vêm do interior”.

O tema surgiu quando ele foi questionado sobre suas propostas na área de Saúde. Em resposta, o senador afirmou que pretende regionalizar o atendimento, mas não especificou um plano.

Caiado, então, voltou a centrar o discurso às críticas ao atual governo, dizendo que o governo não gasta os 12% do orçamento na área há anos, o que é previsto em Contituição.

O candidato, na verdade, considera apenas investimentos novos e não o gasto total com Saúde — que ultrapassa o índice mínimo.

Caso a denúncia apresentada pelo democrata fosse real, o ex-governador Marconi Perillo já teria perdido o cargo por improbidade administrativa.

Deixe um comentário