Caiado quer investigação das contas de campanha de Dilma e candidatos do PT

Para senador, Congresso Nacional deve investigar se dinheiro desviado da Petrobras financiou campanhas eleitorais do PT

Senador Ronaldo Caiado (DEM) em discurso no Senado Federal na última quarta-feira ((4/2) |Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) defendeu a apuração das contas de campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) e dos candidatos do partido nas últimas eleições.

De acordo com o líder do Democratas no Senado, a descoberta de que cerca de US$ 200 milhões foram desviados da Petrobras entre 2003 e 2013 para financiar dirigentes e campanhas eleitorais do PT faz com que a ação do Congresso Nacional seja obrigatória.

“Defendo que o Congresso abra processo para apurar o envolvimento do PT, de Dilma e de Lula. O Brasil não pode continuar paralisado, passível a uma quadrilha comandada pelo PT. Eles não mediram as consequências para assaltar o patrimônio público”, afirmou o parlamentar.

A informação de que o desvio teria servido para bancar a campanha de Dilma foi delatada por Pedro Barusco, ex-gerente de Serviços da Petrobras e réu nas investigações da Operação Lava Jato. Foi ele quem se comprometeu a devolver individualmente o montante desviado de US$ 100 milhões aos cofres públicos.

“O que está claro neste momento é que Dilma entra na mesma condição de Graça Foster: não tem credibilidade alguma até que prove o contrario. Como o PT saqueou o bolso do brasileiro, a condição da presidente Dilma de representar a população brasileira está completamente desqualificada. Ela deve satisfações a cada um dos 200 milhões de brasileiros”, defendeu.

De acordo com o senador, “A população está sendo desafiada. Se nós, representantes legítimos dos brasileiros, não iniciarmos o processo de investigação, a população não se sentirá representada. As denúncias contra o PT e Dilma se avolumam a cada dia, o que vai tornando sua permanência insustentável”.

*Com informações da assessoria do senador Ronaldo Caiado

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.