Caiado, Iris e ministro da Saúde inauguram Maternidade Municipal Célia Câmara, em Goiânia

Estrutura já está apta a receber gestantes, puérperas e mulheres encaminhadas pela Regulação da Secretaria Municipal de Saúde

Foto: Lívia Barbosa / Jornal Opção

Ao lado do governador Ronaldo Caiado e do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB) entregou o Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara (HMMCC) durante inauguração oficial da unidade na manhã desta sexta-feira, 11.

O Hospital e Maternidade Municipal Célia Câmara, que chegou a funcionar exclusivamente como unidade de saúde referência para tratamento da Covid-19, agora abre as portas para prestar assistência à saúde da mulher e da criança. Segundo a Prefeitura de Goiânia, de imediato, o espaço já estará apto a receber gestantes, puérperas e mulheres encaminhadas pela Regulação da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS).

O ministro da Saúde elogiou a estrutura da unidade. “Tem um padrão de excelência que a gente espera pro nosso Sistema Único de Saúde. Não nos faltam recursos, nos falta gestão. Temos que aplicar melhor o nosso recurso, temos que utilizar os nossos contratos pra nós podermos chegar no padrão que Goiânia tá presenteando a sua população com essa maternidade. Ficou óbvio na vinda pra cá que a localização fica num bairro mais humilde, com a população mais carente. Isso demonstra o direcionamento pra atender essa faixa da população. É assim que tem que ser. O SUS é a melhor ferramenta que nós temos pra saúde do nosso país”, disse.

Com um total de 15 mil metros quadrados de área construída e 176 leitos, a unidade tem capacidade para realizar de 800 a mil partos por mês, segundo a prefeitura. Neste primeiro momento, a ala materno-infantil terá 68 leitos. A unidade oferecerá também exames de imagem como ultrassom e tomografia e consultas multiprofissionais para pacientes que forem encaminhadas pela Regulação da SMS.

Ainda de acordo com informações da prefeitura, o espaço destinado a pacientes não-gestantes Covid-19 será mantido com 50 leitos de UTI e 42 de enfermaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.