Caiado inaugura Hospital Estadual da Criança e do Adolescente

Hospital vai funcionar na antiga sede do Hospital de Campanha para o Enfrentamento ao Coronavírus (HCamp) após o Estado fazer um investimento de R$ 128,8 milhões

Após fazer investimento de R$ 128,8 milhões para a aquisição, o governador Ronaldo Caiado (Democratas) oficializou nesta segunda-feira, 7, a inauguração do Hospital Estadual da Criança e do Adolescente (Hecad). É que o hospital já está em fase de transição desde o dia 20 de dezembro, quando a Secretaria Estadual de Saúde (SES) havia desativado o Hospital de Campanha para o Enfrentamento ao Coronavírus (HCamp) e, no dia seguinte, iniciou o processo de transição para a venda do Hospital do Servidor Público (HSP) do Ipasgo para o Estado.  

A venda do Hospital foi aprovada no dia 14 de dezembro e no dia 20 de dezembro já estava em funcionamento, com atendimentos ambulatoriais e, desde o último dia 15 de janeiro o Hecad também está fazendo atendimentos de pronto-socorro. Desde então, já foram atendidos 7,5 mil exames, 2,6 mil atendimentos de urgência e emergência, e 335 pessoas já foram internadas no hospital que tem 146 leitos, 116 de internação clínica e cirúrgica, 30 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 58 leitos de enfermaria que serão expandidos posteriormente.  

O custo atual mensal é de R$ 12 milhões por mês, segundo o governador. O contrato emergencial para o atendimento dos 180 primeiros dias também foi assinado por R$ 68,5 milhões, junto a Associação de Gestão, Inovação e Resultados em Saúde (Agir). Também haverá uma licitação posterior para a gestão em definitivo.  

A inauguração foi feita um mês após o início das operações porque, segundo o governador, ele só inaugura uma obra “quando ela já está em plena condição de funcionamento”. “Nós já investimos R$ 10,5 bilhões na saúde e o que o democrata quer é que que o hospital se torne referência para todos na saúde, para entregar um hospital para toda a população”, comentou o governador. 

O secretário de Estado de Saúde, Ismael Alexandrino, destacou que a entrega significa uma “virada de página na Saúde”. “Esse hospital representa mais do que um porto seguro para a população. Representa esperança e paz de espírito para as pessoas que trazem seus filhos e confiam a nós a vida de suas preciosidades”, declarou o secretário em seu pronunciamento. 

O hospital vai absorver toda a demanda pediátrica que estava concentrada no Hospital Estadual Materno Infantil Dr. Jurandir do Nascimento (HMI), que agora só terá atendimentos de neonatologia e obstetrícia. O Hospital, inclusive, vai mudar de nome. Se tornará o Hospital Estadual da Mulher (Hemu).  

A saída da antiga sede era uma demanda do deputado federal Dr. Zacharias Calil (Democratas), que articulava a construção de uma unidade de atendimento para a Criança e ao Adolescente junto ao governador Ronaldo Caiado desde quando o governador tomou posse, no dia 1º de janeiro de 2019. A demanda, segundo o democrata, é porque o antigo HMI não conseguia atender da melhor forma possível, porque o Hospital sofria com superlotações e com uma estrutura inferior a necessária para os atendimentos de média e alta complexidade.  

“Aqui temos equipamentos de ponta, médicos preparados e teremos uma grande evolução no atendimento a todos, com mais de 80 leitos, centenas de funcionários e equipamento de ponta”, discursou o deputado que estava extremamente empolgado com a inauguração do Hospital que, segundo ele, era um “sonho”, mas também era uma promessa de campanha que havia feito em 2018, quando foi eleito ao lado do governador.  

Daniel e Rogério Cruz 

A inauguração do Hecad marcou a presença do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), e do pré-candidato a vice-governador Daniel Vilela (MDB), que se afastaram no início da gestão do prefeito da capital, logo após o rompimento do grupo que era ligado ao prefeito eleito Maguito Vilela (MDB), que morreu em decorrência de complicações por causa da Covid-19. O grupo emedebista, então, deixou 14 cargos de primeiro escalão. Desde então, os políticos ainda não se encontraram muitas vezes presencialmente.  

Apesar de o encontro ser simbólico, o republicano não citou o emedebista no pronunciamento dele. O prefeito fez questão de ressaltar que vai atuar em conjunto com o governador Ronaldo Caiado em várias situações, sempre em benefício da população. “O nosso município está de portas abertas para que possamos trabalhar como já temos feito em algumas áreas e são ações que podem expandir pelo Estado”, acrescentou o republicano.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.