Caiado fortalece relação com agro e caminha para pacificação com bolsonarismo

Governador volta a se aproximar do setor após distanciamento de Bolsonaro durante a pandemia

Em almoço realizado com representantes ruralistas e líderes do agronegócio na segunda-feira, 18, o governador Ronaldo Caiado (UB) voltou a se aproximar da categoria e destacou medidas do governo que beneficiaram o setor. Durante o evento, Caiado também afirmou que, caso reeleito ao governo, pretende ser candidato à presidência no próximo pleito. “Se Deus me der saúde e tendo a chance de ser reeleito em Goiás, eu serei candidato a presidente em 2026”, adiantou.

O aceno de Caiado, então, além de representar retomada de uma caminhada bolsonarista, pretende retomar a força ao lado do setor, fundamental em Goiás. O movimento ocorre depois de afastamento do presidente Jair Bolsonaro (PL), especialmente motivado pelas diferentes posturas em combate à pandemia da Covid-19. Agora, porém, a página parece completamente virada e as relações, com o setor e com o presidente, pacificadas. “Entre os dois lados, vocês sabem com qual eu caminharei”, disse, sem citar nomes, em referência à disputa presidencial entre o atual presidente e seu principal adversário, segundo as pesquisas, Luís Inácio Lula da Silva (PT).

O apoio ao agro por parte do governador foi bem recebido por lideranças do setor presentes do evento. O deputado federal e presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, destacou que o governador “representa e defende o setor há mais de 30 anos”. Já o presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA), Eurico Velasco, pontuou que o agronegócio sustenta o país e conta com o apoio do governador há tempos. “Por muitos anos foi o principal representante do produtor rural”, comentou.

Para o ex-prefeito de Trindade e empresário do agronegócio, Jânio Darrot, conseguir aproximação do setor é muito representativo, pelo grande impacto que ele tem na sociedade. “Precisamos de apoio do Estado para que os produtores e os negócios possam crescer. E com o agro indo bem, a geração de empregos vai bem, a gente vê movimentação em muitos outros setores”, declara. Em Goiás, a produção agropecuária deve alcançar R$ 108,8 bilhões em 2022, com indicativo de 3,7% de crescimento.

De volta à base de Caiado, Jânio avalia a estratégia como positiva e acredita que possa refletir num fortalecimento da caminhada do atual governador com o presidente. “Acredito que agora vão caminhar juntos, os dois têm o mesmo projeto e tenho certeza que os produtores rurais vão ficar felizes com essa aliança. Mas isso depende, pois tem outra candidatura representando o residente aqui, precisamos ver como as coisas se acertam”, pontua, lembrando do projeto de Major Vitor Hugo (PL), apoiado por Jair Bolsonaro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.