Caiado avalia que Bolsonaro deveria “reconhecer excessos”

Tema foi tratado em entrevista do governador de Goiás ao programa “Conversa com Bial”, que irá ao ar nesta quarta-feira, 9

De acordo com o colunista do O Globo, Anselmo Gois, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), pode não apoiar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no próximo pleito. Informação foi revelada durante entrevista concedida ao programa “Conversa com Bial”, que irá ao ar nesta quarta-feira, 9.

“Apoio não é submissão, até porque tenho mais idade que o presidente”, pontua o governador. Caiado ainda justifica que quando o presidente passa por tensões “deixa que os extremos prevaleçam”, e que “a sociedade não quer isso mais”.

“Eu gostaria que o presidente entendesse que pedir desculpas, reconhecer excessos, e ao mesmo tempo colocar na mesa de negociação o presidente do Supremo, do Congresso, da Câmara, MP, as entidades de classe, e abrir um diálogo neste momento, é muito melhor do que caminhar pra um processo de enfrentamento ou provocações”, teria dito o governador Ronaldo Caiado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.