Embarca para a China, na noite desta quarta-feira, 1º, a comitiva liderada por Ronaldo Caiado e integrada por parlamentares, aliados políticos e outras autoridades. A missão internacional deverá durar 15 dias, e além de consolidar a instalação de duas empresas chinesas em Goiás – a Chint Power e a Weichai Group -, o governador deve articular a abertura de um escritório na província chinesa de Hebei para representar o Estado.

Conforme apurado pelo Jornal Opção, o escritório servirá para facilitar a interlocução tanto entre o governo goiano e o chinês, quanto entre empresários e investidores dos dois extremos geográficos.

Vale destacar que a China é o maior parceiro comercial do Estado de Goiás, sobretudo nas áreas da agricultura e pecuária, fator que tem levado Caiado a buscar estreitar ainda mais os laços econômicos e diplomáticos com o gigante asiático.

Recentemente, o governador recebeu, no Palácio das Esmeraldas, uma comitiva chinesa liderada pela vice-governadora da província de Hebei, Jin Hui, ocasião em que trataram dos acordos em andamento entre os governos.

“Temos agora uma expectativa muito grande de consolidarmos este tratado que foi feito entre a Província de Hebei e o estado de Goiás. Nosso intuito é avançar cada vez mais e, com a objetividade da vice-governadora, implantarmos aqui os nossos acordos”, destacou.

Leia também:

Goiânia entra na mira dos chineses para criar polo de distribuição de produtos

Daniel Vilela torna-se o interlocutor de Goiás com a China