Caiado apresenta projeto de lei para reajustar bolsas de mestrado e doutorado em Goiás

Proposta será encaminhada para Assembleia e deve beneficiar até 750 pesquisadores no Estado

O governador Ronaldo Caiado (UB) anunciou que em breve irá encaminhar projeto de lei que garante reajuste de bolsas de formação de mestrado e doutorado fomentadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), à Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. “A bolsa de pesquisa está com uma defasagem de quase 60% porque ela é vinculada a uma legislação do MEC [Ministério da Educação] que não reajusta há muitos anos. Agora, nós passamos para que o presidente da Fapeg possa, de acordo com o seu orçamento, reajustar as bolsas, com isso motivando todos a avançarem cada vez mais na pesquisa no Estado de Goiás”, declarou.

A proposta visa alterar a lei nº 16.690, de 4 de setembro de 2009, permitindo que a Fapeg não fique limitada aos valores das agências de fomento federais, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Cnpq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Com o reajuste cerca de 600 pesquisadores já contemplados pela fundação receberão o benefício imediatamente. Além deles, outros 150 devem integrar o grupo após a conclusão do edital de bolsas de formação de mestrado e doutorado nº01/2022, lançado em fevereiro deste ano e ainda em andamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.