Caiado anuncia incentivo fiscal de 97% para empresas que se instalarem no Nordeste de Goiás

Anúncio foi feito durante audiência pública realizada em Terra Ronca onde população e poder público debateram como serão investidos R$ 83 milhões conquistados pela bancada federal

Governador Ronaldo Caiado (DEM) em Terra Ronca | Foto: Divulgação

Durante audiência pública realizada nesta sexta-feira, 29, em Terra Ronca, o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que concederá incentivos fiscais para empresas que se instalarem no local.

“Desafio a todos os prefeitos e vereadores do Nordeste goiano que me ajudem a achar qualquer empresa que queira vir para a região, porque é a única de Goiás que terá incentivo de 97%”, anunciou.

Localizado na divisa dos municípios de São Domingos e Guarani de Goiás, o Parque Estadual de Terra Ronca recebeu autoridades para debater como serão investidos os R$ 83 milhões de emendas da bancada federal goiana.

Para o governador, o incentivo fiscal existe para reduzir as desigualdades regionais. e por isso, escolheu regiões como o Nordeste do Estado e o Entorno do Distrito Federal para receber o benefício.

“Aqui vemos vidas e pessoas que depositam esperança em seus líderes e nós temos que retribuir”, afirmou. Ainda durante discurso, Ronaldo Caiado reiterou que o Governo de Goiás não irá contribuir com ilhas de desenvolvimento enquanto outras extensões continuam na pobreza.

Em relação às emendas parlamentares, os deputados federais por Goiás votaram e aprovaram por unanimidade a destinação de R$ 80 milhões em emendas de bancada para investimento no Nordeste goiano. Junto com isso, três parlamentares também utilizaram os valores de emendas impositivas – que devem ser pagas de forma obrigatória pelo governo federal – para somar ao montante.

Zacharias Calil (DEM), Major Vitor Hugo (PSL) e Flávia Morais (PDT) destinaram R$ 1 milhão cada um, e Lucas Vergílio (Solidariedade), R$ 382 mil. “Agora vamos abraçar essa luta para trazer R$ 83 milhões para o Nordeste goiano”, comemorou o governador.

Sobre a realização da audiência pública, o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, falou da importância de uma decisão participativa sobre como investir o recurso. “Queremos democratizar o acesso a esse recurso, conhecimentos dos gastos e tudo mais para dar transparência. Conversamos com os prefeitos e, sobretudo, com a população. Mas entendemos que é necessário investir em infraestrutura, da estrada e do Parque, para tornar viável a exploração do Parque e gerar emprego e renda para a região”, pontuou.

Turismo

Na visão do presidente da Comissão de Turismo da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), o deputado estadual Coronel Adailton (PP), o Nordeste goiano necessita de integração para melhorar o desenvolvimento turístico e econômico. “Estamos buscando alavancar a integração, o turismo e fortalecer essa que é uma das indústrias mais promissoras do Brasil.” E completa: “Sou um viajante eterno, e é a terceira vez que venho a Terra Ronca. Só 5% dos goianos conhece essa região, e precisamos mostrar o que é bonito, o que é bom em nosso Estado”.

A audiência pública contou com a articulação do deputado  Paulo Trabalho (PSL), que sugeriu que seja pavimentada a rodovia que liga São Domingos e Guarani. Contente com o grande público, que reuniu moradores de diversos municípios, comerciantes, empresários, entre outros. “Vocês fizeram um esforço tremendo para estar aqui hoje, o que mostra a necessidade de que o desenvolvimento chegue. E, para isso, precisamos conciliar desenvolvimento com meio ambiente”, pontuou.

Emenda de bancada

O líder do governo federal na Câmara dos Deputados, Major Vitor Hugo, enfatizou a necessidade de investimento. “Vamos buscar muito mais recursos. Acho que a maior riqueza que essa região tem não são as grutas, apesar da beleza delas, mas é a população, com sua capacidade de empreender e inovar”, apontou.

Flávia Morais, que é líder da bancada goiana, se emocionou ao ver a união entre poder público e a população em busca de melhorias. “Essa região, no governo de Ronaldo Caiado, é tratada com toda a prioridade que merece. Toda a bancada votou, e Terra Ronca foi uma das escolhas. Todos votaram para que essa região fosse priorizada”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.