Buzinaço em protesto a decreto de fechamento do comércio tem baixa adesão

Polícia Militar aponta que cerca de 30 carros participaram da manifestação que foi convocada pelas redes sociais

O buzinaço em protesto ao decreto do governo do estado que determinou o fechamento do comércio teve pouca adesão. O manifesto organizado pelas redes sociais para as 14 horas desta sexta-feira, 27, reuniu poucos carros.

Até mesmo os videos que circulam pela internet revelam a pouca adesão ao manifesto. Segundo a Polícia Militar, cerca de 30 carros se juntaram e fizeram o buzinaço na Praça Cívica.

Em nota a Associação Empresarial da Região da 44 (AER44), esclareceu que não tinha envolvimento com o manifesto. E reafirmou o apoio a decisão que do governador Caiado que determinou o fechamento do comércio do polo de confecção.

Veja o vídeo do manifesto

Nota na integra:

A Associação Empresarial da Região da 44 (AER44), que congrega todos os shoppings, galerias e hotéis do pólo comercial, vem a público informar que não compactua e nem tem qualquer envolvimento com manifestações que estão sendo programadas contra a determinação do governo do estado para que se mantenha, por enquanto, medidas de isolamento social.

A AER44 reafirma seu compromisso feito com o governador Ronaldo Caiado e segue orientando os seus associados a comprirem a meida restritiva de 15 dias com o objetivo de tentar controlar o avanço da pandemia do novo Coronavírus em Goiás. Vale lembrar que a Associação mantém contínuo diálogo com o governo e a prefeitura de Goiânia para que medidas sejam adotadas, a fim de amenizar o impacto econômico negativo que certamente haverá. Mas os empresários da 44 seguem imbuídos do sentimento de cidadania para que o pior não acontece.

A diretoria da AER44 segue na certeza de que a nossa Região da 44 voltará em breve à sua normalidade e ainda mais forte e vigilante aos cuidados sanitários que deverão ser tomados diariamente para o bem-estar e saúde dos trabalhadores e visitantes do polo comercial.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.