Butantan pede que Coronavac seja indicada crianças de 3 a 5 anos

Caso aprovada, vacina brasileira pode ser a primeira liberada para a faixa etária

O Instituto Butantan solicitou à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que inclua crianças de 3 a 5 anos na indicação da vacina Coronovac. Com o pedido, a Agência tem um prazo de até sete dias úteis para fazer a avaliação, a contar a partir da próxima segunda-feira, 14.

“A análise técnica será feita pela Anvisa de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para esse público específico”, informou a Agência, após receber a solicitação.

Caso a Anvisa aprove o uso do imunizante na faixa etária, a Coronovac pode se tornar a primeira vacina autorizada para crianças a partir dos 3 anos de idade, no combate ao coronavírus.

Atualmente, a vacinação contra Covid-19 para crianças recomenda o uso de Coronovac apenas para crianças a partir dos 6 anos. Além dessa, a vacina da Pfizer também tem autorização para vacinar crianças, com faixa ampliada para a partir dos 5 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.