Brasileiro condenado por tráfico de droga será executado na Indonésia no domingo

O presidente indonésio Joko Widodo apoia a pena de morte para os traficantes de droga e negou clemência para os prisioneiros

A Indonésia vai executar no domingo (18) o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, condenado por tráfico de drogas, informou hoje (16), em comunicado, a organização não governamental (ONG) Human Rights Watch. Ele está preso desde 2003.

“O governo indonésio está preparando um pelotão de fuzilamento” para executar Moreira e cinco outros prisoneiros condenados à morte por tráfico de droga,  disse a organização.

De acordo com a ONG, a defesa de Moreira disse que o governo indonésio negou as solicitações do governo brasileiro para extraditar o preso, para que possa cumprir a sua pena de prisão no Brasil.

O Conselho dos Direitos Humanos das Nações Unidas e peritos da ONU já expressaram a sua preocupação pela aplicação da pena de morte em um caso de tráfico de droga, segundo a Human Rights Watch.

O presidente indonésio Joko Widodo apoia a pena de morte para os traficantes de droga e negou clemência para os prisioneiros, considerando que os traficantes destroem “o futuro da nação”.

Em 2013, o governo indonésio acabou com uma moratória não oficial da pena de morte que durou quatro anos. No mesmo ano, as autoridades indonésias executaram um cidadão do Malaui acusado de entrar com um quilo de heroína na Indonésia.

A organização de defesa dos direitos humanos qualifica como odiosa a aplicação da pena de morte pelo governo indonésio e apela ao presidente para aboli-la no país.

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

aderivalter martins da rocha

acho que a Dilma “esqueceu” do CÉSARI BATISTI (italiano) assassino que Ela protegeu das Leis Italianas, é fácil quando a “pipoca” arrebenta do nosso lado.

Moacir Romeiro

A Indonésia é um país independente, possui suas leis e tem direito de aplicá-las, e o rapaz condenado, mesmo sabendo do rigor da lei anti-drogas do referido país ,tentou enganar as autoridades; portanto,ele merece a punição.

josiane

acho que isso e uma porcaria que eles fez gente droga todo pais tem familiares meus pêsames porque a lei deles são muito porca protesto isso