Brasil sofre para encontrar espaço e perde por 2 a 0 no primeiro tempo

Com dificuldade para construir jogadas de ataque e tomando contra-ataques rápidos, seleção brasileira termina o primeiro tempo com derrota por 2 a 0 para a seleção belga

Depois de desvio de cabeça de Kompany, Fernandinho faz gol contra e abre placar para a Bélgica no primeiro tempo | Foto: Lars Baron/Fifa via Getty Images

A seleção brasileira, que contou com a volta do lateral Marcelo na esquerda no lugar de Filipe Luís e Fernandinho substituindo o suspenso Casemiro na tarde desta sexta-feira (6/7) na Arena Kazan, na Rússia, sofreu para conseguir espaços na defesa da Bélgica e terminou o primeiro tempo perdendo por 2 a 0 para os belgas nas quartas de final da Copa do Mundo. Os gols foram marcados por Fernandinho contra aos 12 minutos e De Bruyne aos 20.

Aos 5 minutos, Fellaini chega atrasado na marcação de Neymar no meio do campo e acerta o cotovelo na cabeça do jogador brasileiro. Falta marcada sem cartão para o belga. Em seguida, escanteio cobrado por Neymar, Miranda escora de cabeça para trás, a bola sobra para Thiago Silva, que já desequilibrado, manda na trave.

Agora pelo lado direito, Willian cruza na área, a defesa da Bélgica fura e Paulinho chuta fraco. A reação belga veio aos 12 minutos, com bola recebida por Fellaini em frente à área de Alisson, mas o chute saiu fraco e foi desviado pela defesa brasileira para escanteio. Na cobrança do escanteio, ainda aos 12, Kompany desvia de cabeça e Fernandinho acaba por fazer contra para a Bélgica: 1 a 0.

Willian tentar dar a resposta aos 14 minutos com cruzamento rápido da direita, mas o goleiro Courtois se estica para tirar a bola da área. No rebote, seleção brasileira não consegue aproveitar a chance de empatar. Brasil tem dificuldade abrir espaço com a marcação pesada dos belgas. Mas aos 18 minutos Philippe Coutinho consegue armar o chute de fora da área e arrisca, na mão do goleiro da Bélgica.

Mais pressão belga aos 20 minutos, com belo drible de Hazard no meio campo e contra-ataque rápido, que a defesa brasileira consegue interceptar com Marcelo. Outra tentativa de Willian é cortada por Kompany, que liga mais uma jogada rápida com De Bruyne e Lukaku, sem concluir com chute a gol.

Sem espaço para subir ao ataque, seleção brasileira troca muitos passes no meio do campo. Quando conseguiu infiltração livre pela esquerda com Marcelo, a assistência sai muito forte e a bola sai pela lateral aos 24 minutos.

Bélgica 2 a 0

Em carrinho perigoso na lateral direita, Vertonghen pega Paulinho e o árbitro sérvio Mirolad Mazic marca a falta aos 28 minutos. Na cobrança, rebote sobra com Fernandinho, que não aproveita. Aos 30 minutos, a Bélgica faz 2 a 0 em um contra-ataque matador. De Bruyne cchuta cruzado sem qualquer chance para o goleiro Alisson. Destaque para Lukaku, que estava marcado por três e deixou De Bruyne livre na área.

Mais uma tentativa de ataque brasileiro pela direita, com cruzamento de Willian, vira contra-ataque rápido da Bélgica aos 33 minutos. Em seguida, belgas trocam passes e botam seleção brasileira na roda, sem pressa de atacar. Pela segunda vez no jogo, Fellaini é advertido ao agarrar Philippe Coutinho aos 34 minutos do primeiro tempo, mas sem receber cartão.

Pela primeira vez no jogo, o atacante Gabriel Jesus tenta atacar e cabeceia para fora no minuto seguinte. Philipe Coutinho chuta bem de fora da área e obriga Courtois a fazer bela defesa. Mas aos 37 minutos, escanteio cobrado por Willian é cortado com facilidade pela zaga da Bélgica.

Ataque belga volta a trocar passes com facilidade na defesa brasileira, sem qualquer pressão dos marcadores da seleção de Tite. Em lançamento do goleiro Courtois, Lukaku ganha fácil a bola no meio de campo e a Bélgica segue com o domínio da bola por mais de 2 minutos seguidos.

Na reta final do primeiro tempo, De Bruyne cobra falta da ponta esquerda e obriga Alisson a espalmar para escanteio aos 40 minutos. Sem pressa, Chadli cruza para Kompany, que desvia com o pé. Mas o goleiro brasileiro estava atento e encaixa a bola menos de um minuto depois de afastar o perigo na falta cobrada por De Bruyne.

Brasil tem dificuldade de passar das duas linhas defensivas da Bélgica, com três jogadores na entrada da área e quatro protegendo a meta de Courtois. Árbitro sérvio dá um minuto de acréscimo. Aos 45 minutos, Neymar recebe lançamento e chuta em cima da marcação, em uma das melhores chances brasileiras no primeiro tempo, mas o meia brasileiro estava impedido.

Escalações

Brasil iniciou a partida com Alisson no gol, Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo na defesa, com Fernandinho no lugar de Casemiro – suspenso pelo segundo cartão amarelo contra o México nas oitavas -, Paulinho, Willian, Philippe Coutinho e Neymar no meio, e Gabriel Jesus no ataque. A Bélgica veio para o jogo com Courtois; Alderweireld, Kompany e Vertonghen; Witsel, Fellaini, Meunier e Chadli; De Bruyne, Lukaku e Hazard.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.