Brasil fica de fora dos melhores países para investir após 21 anos

País esteve entre os cinco primeiros entre 2010 e 2014, mas estava em queda nos últimos três anos

Segundo levantamento da consultoria A.T. Kearney, após 21 anos, o Brasil ficou fora da lista dos melhores países para se investir. A última vez que não esteve entre os 25 primeiros, era 1998 – ocasião em que o ranking começou.

Sem posição divulgada neste ano, o Brasil vem de uma sequência de quedas. O País ocupou de 2016 a 2018, respectivamente, o 12º, 16º e 25º lugar.

A pior posição, anteriormente, era 17ª, em 2004. Já entre 2010 e 2014, o Brasil ficou entre os cinco primeiros.

Posição

Os Estados Unidos, pela sétima vez seguida, ficou em primeiro lugar. Vale destacar que 22 dos 25 são países de economia desenvolvida.

Alemanha, Canadá, Reino Unido e França seguem após os EUA. Entre os emergentes estão China, 7º, Índia, 16º, e México, 25º.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.