Bombril é acusada de racismo após lançar esponja ‘krespinha’

Produto que promete ser voltado para ‘limpeza pesada’ gerou revolta nas redes sociais por ter utilizado termo considerado pejorativo

A marca Bombril ganhou as redes sociais nesta quarta-feira, 17, de forma negativa. Internautas estão acusando a marca de racismo por nomear uma esponja recém-lançada como ‘krespinha’, que seria voltada para limpeza pesada.

De acordo com vários comentários, o nome faz referência à forma pejorativa de se referir ao cabelo de pessoas negras.

Outro destaque feito pelos internautas é que não é a primeira esponja com esse nome, tendo sido comercializada anteriormente na década de 1950, sendo que a empresa Barros Loureiro usava figuras de pessoas negras nas publicidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.