Bolsonaro teve artéria e intestinos atingidos por faca, foi operado e segue estável

O candidato à presidência pelo PSL foi submetido a uma laparotomia exploratória no hospital Santa Casa de Juiz de Fora após ser esfaqueado durante evento 

Bolsonaro momentos antes de ser esfaqueado em Juiz de Fora | Foto: reprodução

O deputado federal e candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL) teve a artéria e os intestinos grosso e delgado atingidos depois de ser esfaqueado por Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, nesta quinta-feira (6/9), durante o evento de campanha em Juiz de Fora, minas Gerais.

Depois de ser socorrido às pressas e ser submetido a uma laparotomia exploratória no hospital Santa Casa de Misericórdia da cidade onde o ataque aconteceu, Bolsonaro segue estável.

Segundo apurado pela Folha de São Paulo, a laparoscopia descartou um lesão no fígado do candidato, mas constatou outra cinco lesões: na artéria mesentérica superior (que sai da aorta e irriga o intestino e outros órgão dos abdômen), no intestino grosso e três lesões no intestino delgado. Todas as lesões foram reparadas com sucesso.

Bolsonaro teria saído do centro cirúrgico perto das 20 horas e foi encaminhado para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) onde deve passar a noite. Uma equipe do Hospital Sírio-libanês, de São Paulo, está a caminho da cidade mineira para avaliar uma possível transferência de Bolsonaro.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.