Bolsonaro pede afastamento de vice-líder do governo no Senado flagrado com dinheiro na cueca

Assessores do presidente disseram que Bolsonaro reagiu irritado ao tomar conhecimento dos fatos. “Ideal é que ele se antecipe e deixe o posto. Mas, se isso não acontecer, ele vai ser simplesmente afastado do grupo”

Foto: Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O presidente Jair Bolsonaro determinou o afastamento do vice-líder do governo no Senado, Chico Rodrigues (DEM-RR). O senador se tornou alvo de uma operação que investiga desvios de recursos destinados ao combate e controle do coronavírus.

Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão na casa do parlamentar, na última quarta, 14, Chico tentou despistar os policiais escondendo dinheiro na cueca.

De acordo com informações do comentarista Valdo Cruz, assessores do presidente disseram que Bolsonaro, ao tomar conhecimento do ocorrido, pediu imediatamente que o líder do governo no Senado adotasse providências.

“O presidente reagiu irritado. Mandou afastar o senador, ele não pode ficar. O ideal é que ele se antecipe e deixe o posto. Mas, se isso não acontecer, ele vai ser simplesmente afastado do grupo”, afirmou ao jornalista um dos assessores do presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.