Bolsonaro diz que tem um “canal aberto” para falar com Trump sobre tarifa do aço e alumínio

Sobre as possibilidades efetivas de reverter a decisão de Trump, Bolsonaro disse que só vai ter uma resposta depois da conversa com Guedes

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Nesta segunda-feira, 2, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que, se for necessário, irá falar com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a decisão de retomar as tarifas sobre a importação de aço e alumínio do Brasil e da Argentina, devido a desvalorização da moeda nos dois países. Na conta do Twitter, Trump disse que essa situação econômica prejudica os agricultores norte-americanos.

Bolsonaro declarou que, antes de tomar essa medida, vai conversar com o ministro da Economia, Paulo Guedes. “Vou falar com o Guedes hoje [segunda-feira]. Alumínio? Vou falar com o Paulo Guedes agora. Se for o caso, ligo para o Trump. Eu tenho um canal aberto com ele” concluiu.

Sobre as possibilidades efetivas de reverter a decisão de Trump, Bolsonaro disse que só vai ter uma resposta depois da conversa com Guedes

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.