Bolsonaro diz que Paulo Guedes é quem ‘decide a economia’ no Brasil

“Ele nos dá o norte, nos dá recomendações e o que nós realmente devemos seguir”, defende Bolsonaro

Foto: Reprodução | Ueslei Marcelino/Reuters

O presidente Jair Bolsonaro declarou na manhã desta segunda-feira, 27, na portaria do Palácio da Alvorada, que quem dá as cartas sobre economia no país é o ministro da pasta, Paulo Guedes.

“Acabei mais uma reunião aqui tratando de economia. E o homem que decide a economia no Brasil é um só: chama-se Paulo Guedes. Ele nos dá o norte, nos dá recomendações e o que nós realmente devemos seguir”, assegurou Bolsonaro.

Ao lado de Bolsonaro, Guedes defendeu as medidas do governo para garantir a segurança de empregos durante a pandemia, mas declarou que cada servidor público deve fazer sua parte. “Não peçam aumento por um ano e meio, contribuam com o Brasil”, disse.

“Queremos reafirmar a todos que acreditam na política econômica que ela segue e a mesma política econômica”, ressaltou Guedes. “Quando há um problema, como de saúde, o presidente fala: ‘Olha vamos para um programa de exceção'”, detalhou Guedes, que é apontado como o superministro do governo.

Além de Guedes, estavam presentes na entrevista na portaria do Alvorada o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.