Presidente informou que governo não vai reverter aumento de R$ 0,09 no combustível

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira, 28, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) informou que o governo não vai reverter o aumento de R$ 0,09 no preço do litro do óleo diesel na bomba.

O valor do combustível é uma queixa dos caminhoneiros, que ameaçam entrar em greve.

“Cada centavo no diesel equivale a 800 milhões de reais por ano. O que a Economia apresentou para mim, aumenta aqui, aumenta lá, ia penalizar todo mundo”, disse o presidente.

Bolsonaro atribuiu alta com a “questão ambiental”.  “O que mais pesa no bolso deles é abastecer o tanque de óleo diesel. Temos também uma conta alta. É o biodiesel que vai no diesel adicional. Sai muito mais caro e reflete no total. O preço é alto”, afirmou.