Bolsonaro defende Pazuello: “Propina se discute pelado e na piscina”

Ao deixar internação, presidente atacou lobistas para proteger ex-ministro da Saúde: “Lá em Brasília não falta gente tentando vender lote na lua”

Em entrevista logo após ter recebido alta hospitalar, neste domingo, 18, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) culpou lobistas para defender o general Eduardo Pazuello, seu ex-ministro da Saúde.

“Quando fala em propina (sic), é pelado dentro da piscina”, declarou Bolsonaro, para dizer que não se negocia algo irregular gravando vídeo para anunciar a assinatura de um memorando de entendimento para a compra.

Bolsonaro fala a repórteres na saída do hospital Vila Nova Star, após ter alta | Foto: Reprodução

Reportagem da Folha de S.Paulo na sexta-feira, 16, revelou que, em um encontro ocorrido fora da agenda, Pazuello prometeu a um grupo de intermediadores comprar 30 milhões de doses da vacina Coronavac, oferecidas formalmente ao governo federal por um valor de quase o triplo do preço negociado com o Instituto Butantan para o mesmo imunizante.

Apesar de Pazuello ter dito no vídeo divulgado que havia assinado um memorando de entendimento para a compra, a negociação não prosperou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.