Bolsonaro decide efetivar Eduardo Pazuello no Ministério da Saúde

Cerimônia de posse está programada para esta quarta-feira, 16

General Eduardo Pazuello | Foto: Reprodução

Após quatro meses como ministro interino da Saúde, o general Eduardo Pazuello será efetivado no cargo, conforme decisão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A cerimônia de posse está programada para quarta-feira, 16.

Pazuello assumiu interinamente o comando da pasta no dia 16 de maio, em meio à pandemia do novo coronavírus no Brasil. Antes, o militar era secretário-executivo de Nelson Teich, que deixou a pasta por causa de divergências com o presidente.

Durante esse período na gestão, o general defendeu o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19, medida criticada por especialistas. Sob seu comando, o Ministério da Saúde também retirou dados sobre a doença causada pelo novo coronavírus dos painéis informativos, recuando logo em seguida.

O militar já foi coordenador logístico das tropas do Exército durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e também gerenciou as ações da Operação Acolhida, que presta assistência aos imigrantes venezuelanos que chegam a Roraima fugindo da crise política e econômica no país vizinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.