Bolsonaro fala em divulgar vídeo com ministros que tomaram hidroxicloroquina e se recuperaram

Presidente reconhece que não há comprovação científica sobre a eficácia do medicamento, no entanto, disparou: “mas não tem, cientificamente, dizendo o contrário também”

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o trabalho realizado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado. Em recente conversa com apoiadores, logo após os membros da CPI se debruçarem sobre o uso da cloroquina, Bolsonaro cogitou a possibilidade de preparar vídeo com todos os ministros do governo que tomaram o “kit covid” e se recuperaram da doença.

“Fazer um vídeo dessa semana, 22 ministros, todos aqueles que tomaram hidroxicloroquina vão falar: eu tomei. É alternativa no momento”, disse o chefe do Executivo. Em seguida, Bolsonaro reconheceu que não há comprovação científica sobre a eficácia do medicamento, e reiterou: “mas não tem, cientificamente, dizendo o contrário também”. Bolsonaro ainda se opôs à ideia de que pacientes em estado grave teriam morrido após uso do medicamento. Para ele, o problema está relacionado à dosagem aplicada.

Sobre a vacina, insistiu que será o último brasileiro a tomá-la. Em seguida, completou: “Quem quiser tomar na minha frente… Ela é boa, excelente não é isso? Então estou dando para quem quiser tomara na minha frente. Isso é um gesto de altruísmo da minha parte. Tem tanta gente apavorada, então toma na minha frente. Eu não vou entrar na fila, chegar minha vez, única dose enquanto outros 200 caras estão atrás de mim querendo tomar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.