Bolsonaro abandona entrevista após discussão travada com apresentadores

Após interpretar pergunta de um dos entrevistadores como provocação, presidente afirmou que não permaneceria no local

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) durante entrevista, nesta quarta-feira, 27 | Foto: Reprodução

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deixou entrevista que concedia ao programa Pânico, da Jovem Pan, antes de sua finalização, na manhã desta quarta-feira, 27. O motivo da desistência da entrevista foi uma discussão entre os apresentadores Adrilles Jorge e André Marinho.

O atrito entre os entrevistadores foi iniciado quando Adrilles afirmou que Marinho estava se referindo a ele como bajulador do presidente. “O PT não pode voltar. Então, por favor, responda à pergunta que te fiz, cara. Por quê? Só quer pergunta de bajulador?”, havia dito Marinho a Bolsonaro.

Adrilles, no entanto, não deixou de responder o colega. “Você me respeita, rapaz. Bajulador é seu pai que bajulava o presidente e não recebeu ministério. Você se transformou em oposição porque seu pai não recebeu ministério. Cara de pau”, disse Adrilles. Marinho ainda chegou a complementar que seu pai “não chora no banheiro”, em resposta a Adrilles e em referência a uma declaração anterior do próprio Bolsonaro.

Logo na primeira pergunta feita por Marinho, que foi sobre as “rachadinhas”, o presidente afirmou que não responderia a possíveis provocações. “Ô, Marinho, você sabe que eu sou presidente da República, eu respondo sobre os meus atos, tá ok? Não vou aceitar provocação sua. Não vou aceitar. Não vou aceitar. O teu pai [Paulo Marinho] é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. O teu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro. Eu decidi com o Flávio indicar teu pai. Não tem mais conversa contigo”, disse Bolsonaro.

André Marinho, que é influencer e apresentador do programa Pânico, é filho do político e empresário Paulo Marinho, que é suplente do senador e filho de Jair, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ). Apesar de antes ter apoiado o atual governo – que seu pai, inclusive, foi grande entusiasta da candidatura e um dos principais financiadores – , hoje é um grande crítico.

Marinho, inclusive, já chegou a ser um dos assuntos mais comentados nas redes sociais durante o mês de setembro, após publicar vídeo imitando o presidente Jair Bolsonaro durante jantar com empresários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.