BMW causa polêmica ao promover vacinação contra H1N1 só para quem tem carro da marca

Concessionária da empresa em São Paulo, onde 17 pessoas já morreram vítimas da doença, estendeu imunização a outros clientes depois de críticas nas redes sociais

| Foto: Reprodução Facebook

Depois da repercussão negativa, gerente da loja resolveu estender ação e disponibilizar 1 mil vacinas para demais pessoas | Foto: Reprodução Facebook

A concessionária da BMW Agulhas Negras, de São Paulo, vem causando polêmica com uma ação neste sábado (9/4) em que os clientes da marca, ou seja, aqueles que têm uma BMW na garagem, podem receber uma dose da vacina contra o H1N1. O anúncio da campanha foi feita na página da concessionária no Facebook na última quinta-feira (7).

Em meio a um surto da Influenza tipo A na cidade, com 17 mortes registradas e mais de 200 casos confirmadas pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, a atitude da loja deixou muita gente inconformada.

Depois da enxurrada de comentários criticando a iniciativa da concessionária, o gerente do estabelecimento resolveu estender o público-alvo e disponibilizou 1 mil doses para a população em geral. Mesmo antes de a loja ser aberta, um grande número de pessoas aguardava em frente à concessionária para conseguir tomar a dose.

O grande número de casos em todo o Estado de São Paulo (55 mortes e 372 casos confirmados) fez a Secretaria Estadual de Saúde antecipar a campanha de vacinação oficial do Ministério da Saúde, inicialmente prevista para ter início em 30 de abril. Os profissionais de saúde já começaram a ser imunizados e, a partir de segunda-feira (11/4), as vacinas passarão a ser ministradas também para gestantes, crianças e idosos, que fazem parte do grupo de risco.

Confira o post da marca:

BMW Agulhas Negras | Conduzindo Conquistas.www.bmwagulhasnegras.com.br

Posted by BMW Agulhas Negras on Thursday, April 7, 2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.