Blogueiro que percorre o Brasil atrás das melhores cervejas artesanais está em Goiás

Cervejeiro paranaense atesta: a cena cervejeira artesanal goiana é uma das que mais cresce no País

Paranaense quer escrever um livro contando experiências | Foto: reprodução / Facebook

Paranaense quer escrever um livro contando experiências | Foto: reprodução / Facebook

O blogueiro paranaense Edson Carvalho Júnior, de 36 anos, está em uma empreitada complicada, mas saborosa. Em 2015, ele decidiu percorrer o País para conhecer (e experimentar) cervejas artesanais de todas as 27 unidades da federação. Nesta semana, ele está em Goiás.

Edson, que tem um projeto chamado Viajante Cervejeiro, pelo qual posta nas redes sociais e em seu blog, as impressões das cervejas que experimenta em cada lugar que passa, pretende ao final da jornada publicar um livro com crônicas, histórias e fotos da experiência.

Até agora, já passou pelo Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

No último final de semana, esteve em Goiânia, ontem e hoje (6/10) em Anápolis, segue amanhã para Pirenópolis e, no final de semana, desembarca em Brasília. Sua missão, reforça, é encontrar e divulgar nas redes sociais os locais onde há boas cervejas no Brasil.

Edson Carvalho afirma que o Brasil passa por uma revolução da cena cervejeira artesanal que, há pelo menos cinco anos, as micros cervejarias brasileiras passaram a produzir boas bebidas, com qualidade de matéria prima que seguem os estilos belgas, alemão e inglês de qualidade. “Há cervejas brasileiras que participam de concursos internacionais que estão ganhando prêmio”, sustenta.

Questionado se já é possível dizer que existe uma cerveja tipicamente brasileira e reconhecida mundialmente, ele afirma esta é uma discussão antiga e que há, na verdade, são cervejas que levam ingredientes típicos do Brasil, pois grande parte dos insumos, como maltes e leveduras ainda são importados.

Segundo ele, o que se faz no País é acrescentar ingredientes brasileiros, como frutas, café e outros itens típicos da culinária brasileira. “Particularmente, não acho que já temos um a cerveja brasileira, até porque nós estamos produzindo há muito pouco tempo. Temos muito que aprender ainda”, completa.

Cerveja Goiana
Edson no festival Piribier | Foto: reprodução / Facebook

Edson no festival Piribier | Foto: reprodução / Facebook

Edson Carvalho tem apreciado as boas cervejas “made in Goiás” e tem elogiado o que tem experimentado.

De acordo com ele, o mercado goiano está crescendo muito rápido e cita a Cervejaria Colombina como grande contribuinte para o crescimento da cena cervejeira do Estado, além da Associação dos Cervejeiros Artesanais do Estado de Goiás (AcervA-GO).

“A cerveja artesanal feita aqui é muito boa, inclusive há aquelas que misturam com frutos do Cerrado, como o tradicional pequi o que é muito bom. Isso indica um crescimento muito legal”, arremata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.