Blogueira denunciada por estelionato volta à rotina e é elogiada por seguidores

Goiana Danila Guimarães pode responder na Justiça por estelionato e uso de documento falso em caso de recebimento indevido de pensão

Foto: Divulgação / Instagram

Após ser denunciada pelo Ministério Público Federal (MPF) por suposta prática de estelionato e uso de documento falso, a blogueira goiana Danila Guimarães voltou à rotina normal em suas redes sociais nesta sexta-feira (16/3).

Em seu perfil no Instagram, a digital influencer voltou a postar fotos usando “looks do dia” da sua loja de roupas e recebeu vários elogios de seus seguidores. Desde a última sexta-feira (9/3), quando a notícia da denúncia foi divulgada, ela tinha parado de postar fotos dela mesma e vinha recebendo ataques em alguns comentários.

“Que bom que você voltou. Fez falta”, escreveu uma seguidora nesta sexta (16). “Sua estrela brilha! Ninguém conseguirá apagá-la!!!!” escreveu outra internauta que acompanha a blogueira.

Segundo a denúncia do MPF, Danila apresentou em 30 janeiro de 2017 um documento consistente em declaração de que não teria constituído, até aquela data, união estável como entidade familiar. No entanto, investigações apontaram que a empresária convive, desde 2012, em união estável.

Além disso, a blogueira que tem mais de 600 mil seguidores no Instagram declarou que seus rendimentos mensais não ultrapassariam R$ 880, omitindo completamente a renda obtida por distribuição de lucros da pessoa jurídica da qual é sócia-administradora e com venda direta de mercadorias, que constitui a maior parte de seus rendimentos.

Na última terça-feira (13/3), ela publicou um “textão” em seu perfil explicando a situação. No posicionamento, ela afirmou ter sido mal instruída por um advogado e, por isso, não sabia que recebia a pensão do pai de forma irregular. Além disso, ela prometeu que vai devolver o valor recebido, que ultrapassa R$ 700 mil.

Deixe um comentário