Black Friday 2019 deve movimentar R$ 421 milhões no mercado goianiense

Estudo encomendado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia aponta um aumento de 11% do valor inserido na economia em relação ao ano de 2018

Foto: Divulgação

Segundo pesquisa feita pela Grupom Assessoria, a Black Friday, programada para o dia 29 de novembro, deverá inserir R$ 421 milhões na economia do Estado, previsão 11% maior que a do ano passado. O estudo foi encomendado pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Goiânia.

A análise ainda revelou que 35% da população economicamente ativa de Goiânia e Região Metropolitana pretende fazer compras na data e o valor médio a ser gasto com os produtos será de R$ 1.412,00. No ano passado, o percentual era de 49%.

O aumento na movimentação de capital é explicado pela pretensão de gastos por pessoa, no ano passado o consumo esperado era de R$ 1.139,00, 24% menos que nesse ano. Dos produtos especulados, os mais desejados são eletrodomésticos (33%), seguidos por celulares (22%), vestuário (18%); eletroeletrônicos (17%); e calçados (9%). O setor de jóias aumentou 4 pontos percentuais, atingindo a marca de 12% na intenção de compra.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.