Beto Albuquerque diz que PSB tem melhor projeto para Goiânia

Durante a convenção municipal do partido foi oficializada a criação do diretório metropolitano, que antes existia na forma de comissão provisória

A senadora Lúcia Vânia, o pré-candidato Vanderlan Cardoso e o vice-presidente nacional do PSB Beto Albuquerque em evento do partido na capital | Foto: Leo Iran

A senadora Lúcia Vânia, o pré-candidato Vanderlan Cardoso e o vice-presidente nacional do PSB Beto Albuquerque em evento do partido na capital | Foto: Leo Iran

Com a presença do vice-presidente nacional do PSB, o ex-candidato a vice-presidente da República Beto Albuquerque, o Partido Socialista Brasileiro realizou nesta sexta-feira (19/2) sua convenção municipal no auditório da Câmara Municipal de Goiânia.

O evento, que contou com a participação de filiados de 34 municípios goianos, marcou a criação do diretório metropolitano, presidido por Vanderlan Cardoso, pré-candidato a prefeito da capital. Antes, a direção metropolitana existia por meio de uma comissão provisória.

De acordo com Beto Albuquerque, o PSB em Goiânia está preparado para administrar a cidade. “Nós vamos vencer porque temos o melhor candidato, temos o melhor projeto e vamos caminhar juntos com Vanderlan Cardoso”, declarou durante o evento, ao lado da senadora e presidente estadual do partido, Lúcia Vânia, e de Vanderlan.

Presença confirmada na convenção municipal do PSB na capital, o filho do falecido ex-candidato a presidente da República Eduardo Campos, João Campos, acabou por não vir à Goiânia. João foi empossado na quinta-feira (18) no cargo de chefe de gabinete do governador do Pernambuco Paulo Câmara (PSB).

Realizado pela Fundação João Mangabeira (FJM), o evento em Goiânia foi coordenado pela senadora Lúcia Vânia e por Vanderlan. De acordo a equipe do pré-candidato a prefeito, Vanderlan, que já foi definido pelo PSB como pré-candidato e não enfrenta disputa interna, como acontece no PT e PSDB até o momento, ainda não concluiu sua estratégia de campanha. A informação havia sido divulgada nesta sexta na imprensa goiana.

Segundo a assessoria de Vanderlan, esse plano de ações e estratégias, tanto eleitorais quanto para administrar Goiânia, já tem pontos definidos, das visitas que o pré-candidato tem feito a municípios de outros estados que são governados pelo PSB principalmente, mas não há data para ser lançado. As discussões para elaborar esse modelo continuam a ser feitas entre Vanderlan, Lúcia Vânia e membros do diretório metropolitano.

Apoio

Presente no evento, o deputado estadual do PSC Simeyzon Silveira reforçou a aliança de seu partido com o PSB. “Estamos engajados em um mesmo objetivo e estaremos acrescentando muito nesse projeto aqui em Goiânia pela eleição do Vanderlan. O PSC será um partido comprometido no processo.”

Outro parlamentar que declarou apoio à pré-candidatura de Vanderlan foi o deputado federal Marcos Abrão (PSB), sobrinho de Lúcia Vânia. A senadora voltou a falar sobre a independência do partido e que o PSB não faz parte da base do governo de Marconi Perillo (PSDB).

A senadora negou qualquer ligação entre Vanderlan e Marconi, inclusive a definição de uma possível aliança no segundo turno. “Eu não sou dona do partido. Se eu quisesse ser dona da candidatura do Vanderlan eu falava para ele ‘disputa com a (Comissão) Provisória’.”

Para Lúcia Vânia, a escolha pela criação do diretório metropolitano dá a liberdade a Vanderlan para construir uma ou mais coligações eleitorais “com quem ele achar que deve”. “Ele vai empreender seu trabalho dentro de uma visão comprometida com o partido”, afirmou.

“A pergunta mais constante da imprensa pra mim é o seguinte: Quantos partidos estão apoiando o Vanderlan? E eu digo ‘não sei, eu não contei’. O que sei é que os partidos que apoiam o Vanderlan são partidos que têm compromissos, princípios e valores, e que desejam uma Goiânia mais bonita e, acima de tudo, uma Goiânia humana, que abrigue todos os segmentos da sociedade”, disse Lúcia Vânia.

Respeito

Lúcia Vânia defendeu, em seu discurso, a necessidade de se ter competência e visão social para administrar uma cidade. “Uma empresa só tem sucesso se o seu comandante é sério e competente. E uma prefeitura só é respeitada e voltada para o povo se tem um prefeito que ama e principalmente respeita aqueles que o elegem.”

Já Beto Albuquerque, quando falou ao público no evento, que o PSB tem a missão de apresentar soluções para resolver os problemas enfrentados pela população. “Esta é a responsabilidade que está em nossas mãos. Combater o que está errado, criticar, mas não ficar só na crítica, mas também apontar o caminho e apresentar a solução”, declarou o vice-presidente nacional do partido.

Discurso de campanha

Vanderlan atacou a aliança PT e PMDB que acontece no governo federal e na Prefeitura de Goiânia. “Nós vimos aqui em Goiânia que a cidade está um desastre, infelizmente. Nossa capital, que deveria ser motivo de orgulho para todo goianiense, está abandonada.”

De acordo com o pré-candidato, falta gestão e planejamento aos governantes, que tomam posse preocupados com suas reeleições e “não podem desagradar ninguém do grupo que ajudou” determinado político a chegar ao cargo. “É absurdo a quantidade de apadrinhados que têm na prefeitura, com supersalários, e que ninguém pode mexer, porque senão perde-se a governabilidade. Até quando vamos continuar desse jeito?” (Com informações da assessoria de Vanderlan Cardoso)

Deixe um comentário