Bem-estar animal é uma das prioridades da multinacional de alimentos BRF

Ações fazem parte de plano macro de sustentabilidade da companhia, que será anunciado ainda este mês

Todos ganham com a adoção de práticas de bem-estar animal | Foto: Divulgação

A BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, anunciou o lançamento de uma série de metas e compromissos públicos que serão adotados em prol do bem-estar animal. A proposta, segundo a empresa, é garantir melhor qualidade de vida às aves e suínos que fazem parte de sua cadeia produtiva.

Nas próximas semanas, a empresa apresentará um plano robusto com ações aplicadas nas diferentes localidades onde se encontra instalada. Uma das premissas é a tolerância zero aos maus-tratos. Haja vista que, desde 2014, a Companhia firmou uma colaboração técnica com a ONG Proteção Animal Mundial (World Animal Protection).

Além disso a BRF também participa ativamente do grupo 3 Ts Alliance promovido pela entidade, ao lado de um comitê global de especialistas, que atua de forma colaborativa para estudar e encerrar as práticas inadequadas em suínos, incluindo corte de cauda, corte de dentes e castração cirúrgica.

“Ao adotar medidas que beneficiem as aves e suínos em nossos processos, com planejamento adequado e duradouro, damos mais um passo que confirma o nosso total compromisso com o bem-estar animal e as melhores práticas mundiais”, argumenta o vice-presidente de Qualidade da empresa, Neil Peixoto.

Ele garante, ainda, que a BRF encontra-se em um processo de constante “evolução, conscientização, engajamento e aprendizagem pela cultura da sustentabilidade e bem-estar animal”.

Por sua vez, a diretora executiva da ONG Proteção Animal Mundial – World Animal Protection -, Helena Pavese diz que o anúncio dos compromissos feito pela BRF é um avanço importante em prol dos animais de produção. “Além de beneficiar o bem- estar de milhões de animais, a adoção de melhores práticas na produção de alimentos é cada vez mais uma exigência do consumidor consciente. Ainda há um logo caminho a ser percorrido, mas é bom ver empresas cientes do seu papel transformador”, pontua.

Outras práticas

Em 2015, foi implantado o programa interno Bem-Estar Animal Feito pela BRF, que rege compromissos, normas, processos, indicadores e treinamentos para toda a empresa.

O programa envolve desde transportadores, produtores integrados, parceiros e colaboradores, para que atuem de forma correta e compassiva em todos os estágios do processo de produção de aves e suínos.

Além disso, a BRF foi pioneira na retirada integral dos antibióticos promotores de crescimento (AGP) no País e, desde o início de 2019, 100% da produção de animais da cadeia agropecuária da empresa é livre deste tipo de antibiótico.

Outra medida que já atingiu 100% da meta estabelecida pela Companhia foi a eliminação do corte ou desgaste de dentes dos suínos. O procedimento é realizado apenas em casos extremos, onde há comprometimento do bem-estar da fêmea.

A castração dos animais já é realizada por meio de imunocastração – técnica não cirúrgica e não invasiva realizada pela aplicação de vacinas sem efeito colateral – em 99% dos suínos machos.

Até 2022, uma das metas, segundo a empresa, é garantir que, caso haja necessidade de realização de castração cirúrgica, somente será realizada com o uso de analgésicos e anestésicos.

Por fim, a BRF também assumiu publicamente, em 2017, a aquisição de ovos somente de galinhas cage-free para uso como ingrediente em seus processos industriais.

O compromisso, com prazo firmado até 2025, foi antecipado em cinco anos nas operações do Brasil e, desde setembro, a Companhia utiliza apenas ovos provenientes de galinhas livres de gaiolas em seus produtos industrializados que levam essa proteína na formulação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.