Colaboradores, no entanto, seguem aguardando resultados dos testes. Hospital enfrenta surto da Covid-19 associado a bactéria KPC, considerada multirresistente entre recém-nascidos

Foram divulgados, na manhã desta quarta-feira, 10, os resultados dos exames dos bebês internados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (UCIN) da Maternidade Dona Iris. Todos testaram negativos para o coronavírus (Covid-19). Vale lembrar que os colaboradores da unidade também foram submetidos à testagem, no entanto, seguem aguardando os resultados dos testes.

Conforme mostrado pelo Jornal Opção, o Hospital e Maternidade Dona Iris enfrenta um surto da Covid-19 associado a bactéria Klebsiella Pneumoniae Carbapenemase Multirresistente (KPC), considerada multirresistente entre recém-nascidos. A direção da unidade de saúde confirmou um caso da doença causada pelo coronavírus em um bebê e outros três entre profissionais.

A partir da confirmação dos casos de Covid-19 na unidade, a direção determinou testes em todos os bebês internados, acompanhantes e trabalhadores da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN) e da Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (UCIN). Novas internações não estão permitidas nas duas alas.

Segundo nota divulgada pela assessoria de comunicação do hospital, todos os pacientes confirmados para o coronavírus estão com quadro clínico estável, incluindo o bebê, que permanece isolado com a mãe.

Isolamento

Diante do surto, os acompanhantes dos bebês internados na UTIN e na UCIN serão afastados até o controle da situação. O hospital passa a oferecer visitas virtuais, com supervisão de psicólogos.

Associado ao coronavírus, há também um surto de KPC, uma bactéria multirresistente. O que, segundo a nota do hospital, reforça a necessidade de isolamento dos pacientes internados.