Banco deposita indevidamente R$ 18 mi em conta de empresário, que compra Porsche

Após bloqueio da conta e apreensão do veículo, defesa do homem afirma que problema ocorreu por erro da instituição

Porsche, já apreendido, foi comprado por R$ 280 mil |Foto: Polícia Civil

Um empresário de Goiânia teve R$ 18 milhões depositados de forma equivocada em sua conta. Em vez de avisar ao banco, ele comprou um Porsche de R$ 280 mil, que foi logo apreendido depois da descoberta do erro.

Segundo investigações da Polícia Civil (PC), o dinheiro caiu na conta do empresário após uma falha do sistema do banco. Além do veículo de luxo, o homem fez transferências para outras contas.

Apropriação indevida?

Segundo o empresário não houve apropriação indevida, mas um equívoco jurídico. Ele declarou que o problema ocorreu por um erro do banco.

“Além do depósito indevido, ao perceber a falha, [o banco] também bloqueou todas as contas do empresário, o que impossibilitou a devolução imediata do valor que já havia sido retirado da conta para pagamentos diversos, inclusive para a quitação do carro citado, que já havia sido comprado”, informou a defesa, em nota.

Situação

O empresário não foi preso, mas as investigações prosseguem. Conforme a nota enviada pelos advogados de defesa, o homem tentou um acordo com a instituição após o desbloqueio das contas, mas não chegaram a uma conclusão por conta das taxas de juros e multas.

“Com isso, a solução está sendo buscada na justiça, num processo aberto pelo próprio empresário”, finalizou o texto.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Eduardo Alves

Tá certo entra com um Processo contra o Banco Danos Morais Pq Deposita errado erro deles lá,pq São Burros e depois o cara passar por esse constrangimento desse

Ronaldo Pereira

Caráter não é p qualquer um