Banco BTG é alvo da PF em nova fase da operação Lava Jato

Deflagração é baseada em acordo de delação premiada com o ex-ministro Antônio Palocci

Foto: Reprodução

Foi deflagrada na manhã desta sexta-feira, 23, a 64ª fase da Operação Lava Jato. A Polícia Federal baseou-se em seu acordo de delação premiada com o ex-ministro Antônio Palocci para apurar irregularidades na venda de ativos da Petrobras ao banco BTG e informações de recursos contabilizados pela Odebrecht na planilha “Programa Especial Italiano”.

Após autorização do juiz Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba, cerca de 80 policiais federais cumprem 12 mandados de busca e apreensão nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, incluindo endereços relacionados ao banco BTG, ao banqueiro André Esteves e à ex-presidente da Petrobras, Graça Foster. Até o momento, segundo a PF, não há ordens de prisão. 

A nova fase da investigação, batizada de operação Pentiti, que significa “arrependidos” em italiano, pretende identificar os beneficiários do esquema de propinas registrado pela empreiteira e o funcionamento da entrega de valores ilícitos a autoridades. Sendo que uma das investigações, de acordo com o Ministério Público Federal, trata venda de ativos da Petrobras no continente africano ao BTG em valores muito abaixo da avaliação.

O MPF apurou, ainda, irregularidades como possível restrição à concorrência, acesso pelo BTG a informações sigilosas e aprovação da transação sem ampla discussão no Conselho de Administração da Petrobras.

E por fim, está sendo investigado o relato feito por Palocci de que André Esteves acertou com o ex-ministro Guido Mantega o repasse de 15 milhões de reais para garantir privilégios ao banco BTG no projeto das sondas do pré-sal da Petrobras. Fato que teria ocorrido durante encontro realizado próximo ao final da campanha de 2010, além das informações contidas em e-mails de Marcelo Odrebecht que podem provar o conhecimento do esquema de corrupção pela ex-presidente da estatal Graça Foster.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.