Baldy nega apoio a Daniel e diz que “2018 ainda está em aberto”

Ministro definiu como “especulação sem comentários” nota de uma coluna do “Estadão” que dá conta que o político deve se filiar ao PP para engrossar candidatura do PMDB

Divulgação

Ao Jornal Opção, o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, definiu como “especulação sem comentários” nota publicada neste domingo (7/1) em uma coluna do “Estadão” que dá conta que o político, atualmente sem partido, deve se filiar ao PP “para engrossar a candidatura de Daniel Vilela ao governo de Goiás”.

Ele confirma que a filiação ao partido esteja encaminhada, mas garante ainda ser prematuro falar em qualquer tipo de apoio. “Até porque ainda é cedo para se afirmar quem será mesmo candidato”, endossa.

O ministro reforça, ainda, que tudo ainda está em aberto para a corrida eleitoral de 2018 e, por isso, a nota publicada não passa de especulação.

Ainda sobre a filiação ao PP, ele reconhece que este seja mesmo o caminho. O auxiliar goiano de Temer manteve agenda na última sexta-feira (7/1) com o presidente do partido, no Piauí.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.