Baldy elogia decisão do PTN de apoiar Vanderlan: “É a melhor opção, extremamente competente”

Deputado federal negou que preferisse endossar candidatura de Delegado Waldir e garantiu que sua postura é pela posição do diretório metropolitano

Deputado Alexandre Baldy  durante entrevista ao Jornal Opção | Foto: Renan Accioly

“Vanderlan é competente, um empresário e empreendedor”, destacou Baldy | Foto: Renan Accioly

O deputado federal Alexandre Baldy (PTN) elogiou, em entrevista ao Jornal Opção, a opção do seu partido de apoiar Vanderlan Cardoso (PSB) na disputa da Prefeitura de Goiânia. O parlamentar afirmou que concorda com a decisão porque, para ele, Vanderlan tem um bom perfil para ocupar o cargo e é mais completo que os concorrentes.

“Vanderlan é um candidato que tem um postura extremamente competente, é um empresário, empreendedor”, elogiou ele. Baldy destacou que seus projetos são de extrema importância para a capital. “Goiânia não tem projeto para a área desenvolvimentista, para que a gente possa buscar a geração de empregos, então fiquei feliz com a decisão porque ele consegue agregar lacunas da nossa cidade que não podem ser preenchidas pelos demais candidatos”, afirmou.

Questionado sobre sua postura anterior de apoio a Delegado Waldir significava discordância em relação ao atual posicionamento do partido, ele afirmou que a opção inicial, assim como a de agora, apenas obedece às deliberações partidárias.

“Isso foi uma deliberação municipal. O partido tomou a sua decisão em apoiar o Delegado Waldir (PR) primeiramente, depois o candidato Francisco Júnior (PSD), e eu apoiei nos dois casos”, afirma. “Finalmente, para resolver, o diretório municipal resolveu apoiar o candidato Vanderlan”, conta, “E eu apóio a decisão do partido, do presidente estadual Adriano Avelar e o presidente municipal Leonardo Alves, que sentaram e decidiram que a opção que se mostra mais competitiva hoje a melhor opção, é o Vanderlan”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.