Baldy diz que Alexandre de Moraes tem “reputação ilibada” e não vai interferir na Lava Jato

Para deputado federal, escolha de Michel Temer (PMDB) para a vaga do ex-ministro Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal (STF) foi a

O deputado federal Alexandre Baldy (PTN) comentou, em entrevista ao Jornal Opção, a escolha de Alexandre de Moraes para o Supremo Tribunal Federal (STF) que, para ele, foi acertada. Segundo o parlamentar, o atual Ministro da Justiça, afastado do cargo na última terça-feira (7/2), tem todas as credenciais que o permitem assumir a vaga.

“Ele foi secretário de Segurança Pública e de Justiça de São Paulo, foi do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), é professor e tem uma reputação, até onde sabemos, ilibada”, afirmou Baldy. Questionado sobre o fato de Moraes ter se filiado recentemente ao PSDB, o presidente estadual do PTN disse não ver isso como um problema.

Segundo ele, outros ministros também eram filiados e isso não foi impedimento para suas indicações. “É uma questão tradicional, foi assim com Dias Tofolli, Celso de Mello, Ayres Britto, Nelson Jobim, e Joaquim Barbosa… o Fachin esteve no palanque da Dilma”, listou ele.

Questionado se sua orientação partidária não seria uma ameaça para a Lava Jato, Baldy disse que não. Para ele, Moraes não conseguiria atuar abertamente a favor de parlamentares tucanos, porque a população segue de perto os desdobramentos das investigações. “A Lava Jato não é mais do Supremo, é do Brasil”, declarou.

A vaga no STF foi aberta depois que o ex-ministro Teori Zavascki faleceu em um acidente aéreo no último dia 19. Moraes foi indicado pelo Presidente da República, Michel Temer (PMDB).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.