Crer realizou mais de 1,5 milhão de atendimentos em 2019

Além de acumular 17 milhões de atendimentos em toda sua história, o hospital tem alto índice de satisfação entre pacientes

Foto: Reprodução / Crer

Em 2019, o Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer) realizou mais de 1,5 milhão de atendimentos. Tendo sido inaugurado em setembro de 2002, o Crer já acumula mais de 17 milhões de atendimentos realizados ao usuário do Sistema Único de Saúde (SUS). Por dia, o hospital são cerca de quatro mil procedimentos, como exames, cirurgias, internações, produção de órtese e próteses além de dispensação de aparelhos auditivos.

Segundo o Diretor Geral do Crer, Dr. Válney Luís da Rocha, “O ano de 2019 foi marcado pela superação de grandes desafios e pelas oportunidades de melhoria contínua do nosso serviço. Com a repactuação do contrato de gestão, aumentamos a oportunidade de acesso para atendimento na instituição, o que impactou positivamente na quantidade de pessoas que receberam assistência no hospital”.

Pesquisa de satisfação feita pela própria instituição ao longo de 2019 revelou que, no ambulatório, o índice de satisfação dos usuários atingiu 96%, enquanto que no setor de internação a aprovação do atendimento chegou a 99%. O Crer é uma unidade da Secretaria de Estado da Saúde do Estado de Goiás (SES-GO) gerida pela Associação Goiana de Integralização e Reabilitação (Agir).

Hospital de Excelência

Em 2016, o Crer se tornou o primeiro hospital de reabilitação do Brasil e a primeira unidade de saúde pública de Goiás a conquistar o nível máximo da certificação de qualidade. No último dia 6 de dezembro, a instituição conquistou a manutenção do título de hospital Acreditado com Excelência – Nível 3 pela Organização Nacional de Acreditação (Ona). Com ciclos de certificação a cada triênio, o título de ONA 3 fica vigente até 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.