Bailarinos goianos são destaque no cenário mundial da dança

Estudantes do Centro Cultural Gustavo Ritter recebem bolsas de estudo para escolas de dança em países como Estados Unidos, França e Suíça

Foto: Secult

Secretário da Cultura Gilvane Felipe cumprimentou os jovens dançarinos pelas conquistas. / Foto: Secult

O Centro Cultural Gustav Ritter tem evidenciado sua importância frente ao atual cenário da dança por meio do reconhecimento de seus alunos no circuito artístico mundial. Prova disso é que o estudante da instituição Gustavo Chalub, de 15 anos, recebeu neste mês um convite para estudar na The Princess Grace of Monaco Dance Academy, localizada em Mônaco, no sul da França. O jovem deve desembarcar na Europa em setembro deste ano e deve permanecer em território estrangeiro, no mínimo ,três anos.

Outro bailarino em destaque na instituição é o estudante Marcos Vinícius de Sousa, de 17 anos. Ele foi um dos finalistas no Youth America Grand Prix (YAGP), realizado no início deste mês, em Nova Iorque. O goiano era um dos quatro brasileiros presentes na competição, que, ao todo, reuniu 500 bailarinos.

Marcos Vinícius está em fase de negociação de bolsa de estudos em uma escola de dança da Pensilvânia, nos Estados Unidos. Em situação semelhante também está a jovem Paula Rosa, de 16 anos. Ela aguarda a confirmação de bolsa de estudo em uma escola de balé em Zurique, na Suíça.

Durante reunião com o secretário estadual da Cultura, Gilvane Felipe, o diretor do Gustavo Ritter, Edmar Carneiro, comemorou as conquistas dos bailarinos e destacou o grande potencial da instituição em revelar talentos. “É importante ressaltar que o que diferencia o Gustav Ritter das outras escolas de dança em Goiás é que o espaço funciona como um centro de formação artística, e não apenas como escola de ensino de dança ou para apresentações.”

Acompanhado da superintendente da Ação Cultural, Priscila Vilarinho, Gilvane agradeceu aos jovens dançarinos por representarem o Estado em outros países. “Quem ganha com o trabalho dos dançarinos é o Estado de Goiás, que está sendo qualificadamente representado no exterior. A cultura goiana só tem a agradecer a dedicação desses estudantes e continuar investindo na formação deles”, comemorou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.