Avião retorna a Fortaleza após passageiro se recusar a usar máscara

A operadora Azul lamentou o ocorrido junto a seus clientes e ressaltou que medidas como essas são necessárias para a segurança dos voos

Um avião teve que retornar ao Aeroporto de Fortaleza, nesta quinta-feira, 30, minutos depois de decolar do terminal, após uma confusão provocada por um passageiro. Ele teria se recusado a usar máscara de proteção contra a Covid-19 e, ainda, teria agredido uma comissária de bordo durante o voo.

A Azul Linhas Aéreas se pronunciou sobre o caso, e disse que a confusão começou logo após a decolagem. A comissária teria pedido que o homem utilizasse o item sanitário, porém ele passou a agredir a profissional. O avião que tinha como destino o Aeroporto de Confins, em Belo Horizonte, teve de retornar ainda enquanto a aeronave sobrevoava o Ceará.

Após o desembarque em Fortaleza, o passageiro foi conduzido pela Polícia Federal. Foi registrado boletim de ocorrência sobre o caso. O voo seguiu viagem normalmente em seguida. A Azul lamentou os eventuais aborrecimentos ocorridos aos clientes e ressaltou que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança das operações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.