Avião com Gilmar Mendes tem falha técnica e é obrigado a retornar a Brasília

Presidente do TSE decolou de Brasília na quinta (22) e seguia para Belém, onde participaria de evento organizado pelo TSE. Causa da falha ainda não foi identificada

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes

Uma falha técnica obrigou, na noite dessa quinta-feira (22/6), o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que transportava o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, a dar meia-volta após uma hora de voo e retornar a Brasília, de onde havia partido.

O avião com Gilmar Mendes seguia para Belém, onde iria inaugurar um posto de identificação biométrica. O evento foi organizado pelo TSE.

“Os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, retornaram à capital federal. Em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida e o pouso ocorreu às 19h45, na Ala 1, em Brasília”, informou a FAB por meio de nota.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.