Trabalhadores que já têm conta poupança na Caixa ou conta corrente no Banco do Brasil e estavam registrados no Cadastro Único são os primeiros a receber o benefício

Foto: Reprodução

O governo federal começa a pagar nesta quinta-feira, 9, o auxílio emergencial de 600 reais aos trabalhadores informais que foram afetados pelo fechamento do comércio durante a pandemia do novo coronavírus. Os primeiros a receber o benefício são os trabalhadores que já têm conta poupança na Caixa ou conta corrente no Banco do Brasil e estavam registrados no CadÚnico até o dia 20 de março.

Quem não tem conta em nenhuma das duas instituições financeiras mas estava registrado no CadÚnico vai receber até 14 de abril, mediante uma inscrição no site ou no aplicativo criado em parceria com a Caixa para o novo programa, que foi aberto na terça-feira, 7.

Calendário

Os brasileiros que recebem o Bolsa Família poderão sacar o auxílio no mesmo dia em que o seu benefício seria normalmente pago, a partir de 16 de abril, mas também precisam se inscrever no site ou no aplicativo.

O mesmo procedimento vale para os trabalhadores que não estavam registrados no CadÚnico – estes vão receber em até três dias úteis após se inscrever pelas ferramentas da Caixa. Até as 20h de ontem, 26,6 milhões de trabalhadores já haviam se registrado para solicitar o auxílio emergencial, informou a Exame.

A segunda parcela do benefício, no mesmo valor, será paga no final de abril, e a terceira e última, no fim de maio. Segundo a Caixa, o calendário foi pensado para evitar uma corrida de trabalhadores ao banco ou às casas lotéricas neste momento em que o distanciamento social é essencial para evitar a proliferação do vírus.