Auxiliares da Educação exigem pagamento de incentivo de 30% previsto em edital

Manifestação reúne dezenas de pessoas na porta da Secretaria Municipal de Educação

Foto: Reprodução

Dezenas de pessoas se reuniram na porta da Secretaria Municipal de Educação de Goiânia na manhã desta segunda-feira (5/3) em protesto pelo pagamento de adicional dos auxiliares de atividades educativas.

Segundo os educadores, a gratificação de incentivo funcional no valor de 30% estava prevista no editado do concurso realizado em 2016, mas não tem sido pago pela gestão Iris Rezende (MDB).

Na semana passada, o servidores vinculados ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego) deliberou nova assembleia da categoria para o dia 16 de março com paralisação total da rede de ensino no município.

Além dos 30% dos auxiliares, está na pauta de reivindicações o pagamento do piso salarial dos professores referente a 2018 e da data-base dos administrativos de 2017 e 2018.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.