Radialista esportivo sofreu infarto na madrugada desta quinta-feira, 8

Adolfo Campos: âncora do jornalismo política dos programas da nova equipe da Rádio K

Adolfo Campos Filho, reconhecido cronista esportivo e radialista de Goiás, faleceu na madrugada desta quinta-feira, 8, vítima de um infarto fulminante. O jornalista, que atuava na Rádio Bandeirantes e na TV Serra Dourada, foi encontrado sem vida em sua casa nesta manhã, após retornar de uma transmissão de futebol.

Adolfo Campos teve mais de 30 anos de atuação no jornalismo esportiva, tendo inclusive participado de coberturas internacionais de Copa do Mundo. Sua carreira teve início em 1978, trabalhando para a Rádio Anhanguera, atualmente a rádio CBN, do Grupo Jaime Câmara.

Diversas autoridades políticas se manifestaram após a morte do jornalista. O Governador Ronaldo Caiado (DEM) prestou condolências em suas redes:

“Foi com profunda tristeza que eu e minha esposa, Gracinha Caiado, recebemos a notícia da morte do jornalista esportivo e radialista Adolfo Campos.

Natural de São Luís de Montes Belos, Adolfo Campos teve passagem por diversas emissoras de rádio e TV de nosso Estado, entre elas, Grupo Jaime Câmara, Rádio Difusora e Sistema Sagres de Comunicação.

Também atuou na Rádio Brasil Central, onde chegou a participar da cobertura que o programa Escrete de Ouro fez na Copa do Mundo de Futebol de 1990, na Itália.

Reconhecido como um dos principais nomes do jornalismo esportivo goiano, Adolfo, atualmente, atuava na Rádio Bandeirantes e também apresentava quadro diário sobre esportes na TV Serra Dourada, o Show de Bola, exibido durante o Jornal do Meio Dia.

Morreu na madrugada desta quinta-feira (08/10), aos 61 anos, vítima de um infarto.

Deixa um grande legado na comunicação esportiva e imensas saudades em todos os que tiveram o privilégio de com ele conviver.

Aos amigos, familiares e colegas de Adolfo, manifesto meu mais profundo pesar por essa perda. Que Deus possa confortar o coração de cada um de vocês nesse momento de imensa dor e tristeza.”

O Prefeito Íris Rezende (MDB) lamentou a morte do cronista esportivo:

“É com muito pesar que recebo a notícia da morte do jornalista esportivo Adolfo Campos, que atuava como comentarista na TV Serra Dourada e também na Rádio Bandeirantes. Sempre que nos encontrávamos, a descontração tomava conta, pois a alegria sempre foi sua marca. Por essa triste perda, rogo a Deus que conforte os corações de seus familiares, amigos, telespectadores e ouvintes”

Os candidatos à prefeitura de Goiânia também manifestaram pesar em suas redes. Maguito Vilela (MDB) e Vanderlan Cardoso (PSD), publicaram por meio de notas oficiais, respectivamente:

Nota de pesar pelo falecimento do radialista Adolfo Campos

A caminho da visita institucional aos padres da Basílica Nossa Senhora do Perpétuo Socorro recebo a triste notícia do falecimento do radialista Adolfo Campos, que trabalha na Rádio Bandeirantes e TV Serra Dourada. Minhas sinceras condolências aos amigos e familiares.

Já estava programado para a próxima semana um encontro, por videoconferência, com os meus amigos da crônica esportiva, que assim como eu desejam o melhor para o futebol goiano. Infelizmente, não contaremos com a presença do Adolfo. Mas todos nós devemos render homenagens a memória do amigo Adolfo Campos que tanto colaborou com o esporte goiano por meio da sua voz e opinião.

Maguito Vilela

Ex-governador de Goiás, ex-prefeito de Aparecida de Goiânia e candidato a prefeito de Goiânia”

DIA DE TRISTEZA PARA O ESPORTE GOIANO. ADOLFO CAMPOS DEIXARÁ SAUDADE COM SUAS HISTÓRIAS SOBRE O FUTEBOL E SUA CONSTANTE ALEGRIA

Perdemos nesta quinta-feira, vítima de infarto, uma referência no jornalismo esportivo goiano e um legítimo contador de histórias. Natural de São Luís dos Montes Belos, o jornalista e comentarista Adolfo Campos (61 anos) iniciou sua trajetória no início da década de 80. Atuou na TV Anhanguera, na TV Serra Dourada, TV Gazeta e Rádio Bandeirantes Goiânia. Por muitos anos apresentou o quadro Show de Bola, no Jornal do Meio Dia, e foi sucesso do horário do almoço na TV de Goiânia. Com sua simpatia e alegria deixará saudades em seus fãs e em todos nós. Que Deus conforte o coração da família neste momento de dor e lhe reserve as bênçãos do céu. Nossos sentimentos!”

Vanderlan Cardoso