Autores goianos participam da 23º Bienal Internacional do Livro de São Paulo

Montado pela R&F Editora, o espaço já recebe grande número de visitas. O público estimado nesta edição da bienal é de 800 mil pessoas

A 23ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que acontece entre os dias 22 e 31 de agosto, tem um estande dedicado para autores e autoras goianos a partir deste sábado (23/8). Montado pela R&F Editora em parceria com a Nega Lilu Editora, o espaço já recebe grande número de visitas neste primeiro dia. O público estimado nesta edição da bienal é de 800 mil pessoas.

O tema deste ano é “tudo junto e misturado” , apostando em uma programação mais diversificada para autores, leitores, publishers, nanoeditoras e editoras. Em entrevista ao Jornal Opção Online, a diretora da R&F, Izaura Maria Ribeiro, afirmou que espaço está lotado e que não imaginava que poderia ter tantas pessoas circulando pelo estande. “A gente tem a oportunidade de oferecer a nossos autores um universo onde circulam grandes nomes da literatura nacional e internacional”, disse.

No estande destinado aos goianos, devem participar a escritora Larissa Mundim, autora do romance “Sem Palavras”, o responsável pelo selo de publicações Bar do Escritor, Cristiano Deveras, os escritores M.K. Takenaka, Wilson R. e Solimar Moisés.

“Nossa participação em eventos como este, Brasil afora, ajuda a divulgar nossa cultura de uma outra forma”, afirma Cristiano. “Goiás é reconhecido em dois planos de música: sertaneja e rock, na música independente. Acredito, então, que nossas letras necessitam também deste tipo de exposição, para fora do nosso Estado”, concluiu.

Deixe um comentário