Autor de tiroteio no sul de Paris continua foragido, diz ministro

Autoridades não associam o crime desta manhã com o atentado contra o semanário Charlie Hebdo, em que 12 pessoas foram mortas e 11 ficaram feridas

O autor dos disparos contra policiais municipais na manhã desta quinta-feira (8/1), no sul de Paris, que deixou dois feridos, continua foragido, informou o ministro do Interior francês, Bernard Cazeneuve. Os dois agentes ficaram feridos, um deles em estado crítico.

“O procurador da República vai atuar de maneira que o autor desse crime seja imediatamente identificado e possa ser detido”, declarou o ministro, que foi para Montrouge, nos arredores parisienses, onde ocorreu o tiroteio.

Anteriormente, fontes policiais tinham informado que um homem de 52 anos tinha sido detido. De acordo com a Rádio France Info, que citou fontes policiais, o tiroteio ocorreu na sequência de um acidente de carro.

Até o momento, nenhum elemento liga esses acontecimentos ao atentado terrorista de ontem (7) contra o semanário francês Charlie Hebdo, em que 12 pessoas foram assassinadas e 11 ficaram feridas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.