Governo deve ampliar cirurgias eletivas

Governador ressaltou que medida pôde ser tomada com base na queda do número de ocupação de leitos de UTI por pacientes infectados pela Covid-19

Hugol passa a contar com novas áreas e também disponibilizará mais leitos para atendimento a cirurgias eletivas. | Foto: Reprodução

Durante a inauguração da nova recepção geral do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), nesta segunda-feira, 27, o governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que o número de cirurgias eletivas realizadas em Goiás poderá ser ampliado. De acordo com ele, isso só será possível devido ao fato de que uma queda na quantidade de internações por Covid-19 está sendo observada neste momento de avanço da vacinação, fazendo com que os leitos de UTI abertos durante a pandemia possam passar a atender pacientes que se submeteram a cirurgias eletivas.

“Onde temos UTIs para Covid-19, já vamos poder usar esses leitos para dar retaguarda aos centros cirúrgicos e propormos uma ampliação das nossas cirurgias eletivas”, evidenciou Caiado. A retomada da realização desses procedimentos foi validada por meio de uma portaria emitida pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-GO), no dia 6 de agosto. 

Novas áreas do Hugol

Nesta segunda-feira, 27, a nova recepção geral denominada Dr. Lindolfo de Barros – em homenagem ao pediatra que morreu em julho deste ano, aos 80 anos de idade – e a passarela de interligação do hospital em questão foram inauguradas. As obras são parte do Plano de Aplicação, Ampliação e Adaptação de Áreas Físicas, iniciado em agosto de 2020 e que tem projeção de investimentos de R$ 5.688.763,85 em estrutura física. 

A recepção possui uma área total de 550 m² e conta com dez novos postos de atendimento que se somarão aos que já existiam antes. A passarela inaugurada conecta a recepção ao bloco de internação, possuindo rampas e elevadores que visam garantir mais segurança e comodidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.