Áudio que seria da deputada Flávia Morais confirma voto a favor do impeachment

Gravação de ligação telefônica mostra voz que seria da parlamentar do PDT goiano, na qual ela teria liberado que publiquem a intenção dela de apoiar a abertura do processo

Voz em gravação seria da deputada federal Flávia Morais (PDT-GO), dizem mensagens no WhatsApp | Foto: Ananda Borges/Câmara dos Deputados

Voz em gravação seria da deputada federal Flávia Morais (PDT-GO), dizem mensagens no WhatsApp | Foto: Ananda Borges/Câmara dos Deputados

Filiada ao PDT, que já declarou que orientará seus 20 deputados federais a votar contra a abertura do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) domingo (17/4) no plenário da Câmara, a deputada federal Flávia Morais teria declarado seu voto em uma ligação gravada.

Por telefone, uma pessoa que se identifica como a deputada Flávia Morais declara que seu voto a favor do impeachment no plenário da Câmara pode ser divulgado por uma manifestante pró-impedimento de Dilma. “Na hora que eu votar, eles vão ver o voto, todo mundo vai ver. O voto é aberto”, diz na gravação telefônica a pessoa que se identifica como a parlamentar.

O Jornal Opção tentou entrar em contato com a deputada goiana para confirmar se as declarações foram feitas mesmo por ela, mas a parlamentar não atendeu às ligações. O voto de Flávia Morais não foi divulgado e pedetista consta na lista dos indecisos da Câmara dos Deputados.

“A gente só não está manifestando tanto por essa questão do partido, você entende?”, respondeu a voz que seria de Flávia Morais ao agradecimento da pessoa na ligação, que afirmou ser importante esse “apoio ao povo” supostamente dado por telefone pela deputada.

Segundo a voz que se identifica como sendo da parlamentar, “esse voto a gente vai fazer (a favor), não tem jeito não, infelizmente”. Para que o plenário da Câmara aprove a aceitação do pedido de abertura do processo de impeachment contra Dilma no domingo, os votos a favor do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) precisam chegar a, no mínimo, 342 votos, que representariam dois terços dos 513 deputados federais.

O áudio que supostamente revelaria a intenção de voto da deputada Flávia Morais tem sido compartilhado pelo WhatsApp nesta sexta-feira (16). “Eu até queria defender, mas tem certo tipo de coisa que não tem jeito”, declara a voz na gravação.

Caso a deputada Flávia Morais confirme o voto antecipado por esse áudio ainda não confirmado com sendo mesmo a parlamentar, ela pode ser punida pelo PDT, seu partido, que já definiu que os 20 deputados federais, inclusive Flávia, votarão contra o processo de impeachment no domingo.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.