Audiência pública discute entrave entre moradores entre moradores da “quadra 88” e UFG

Por iniciativa do vereador Paulo Magalhães, encontro será sediado na Câmara Municipal de Goiânia nesta sexta-feira, 27

Foto: Divulgação

Por iniciativa do vereador Paulo Magalhães (PSD) será realizada, na tarde desta sexta-feira, 27, uma audiência pública para discutir a regularização fundiária da Quadra 88 do Setor Universitário. A reunião será realizada na Sala das Comissões, na Câmara Municipal de Goiânia, e terá início às 14h.

A área de 28 mil m² foi ocupada, em 1938, por 54 famílias que participaram da construção de Goiânia. Naquela época, elas receberam o terreno como doação, sem oficialização judicial. Mais tarde — em 1961 — o mesmo local foi doado pela União à Universidade Federal de Goiás (UFG) e, atualmente, é alvo de disputa judicial.

Diante do imbróglio, Magalhães busca uma solução definitiva para a permanência dos moradores na Quadra 88. Uma alternativa é a permuta de uma área do governo do Estado ou da Prefeitura de Goiânia com a União. Para isso, é preciso a apresentação da proposta do terreno para a UFG. A intenção do vereador é garantir moradia às famílias  — compostas, segundo ele, majoritariamente por idosos — por meio da concessão de escrituras.

Além de moradores da região, deverão participar da audiência pública a presidente da ASMO 88, Roberta Cruvinel, bem como representantes da Universidade Federal de Goiás, do Governo de Goiás, prefeitura de Goiânia,  Ministério Público de Goiás (MPGO) e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO).

“Estamos lutando para assegurar direito à moradia dessas pessoas. Queremos dignidade e respeito às famílias da Quadra 88. Já estivemos em Brasília, dialogamos, na época, com os ex-senadores, Ronaldo Caiado, Wilder Morais e Lúcia Vânia. Falamos também com o prefeito Iris Rezende e o professor Edward Madureira [reitor da UFG]. Queremos encontrar uma solução rápida para essas famílias”, destaca o vereador.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.