Brasileiros se emocionam nas rede sociais com a morte do ator Paulo Gustavo

Após 53 dias internado no Rio de Janeiro, comediante vai a óbito às 21h12 desta terça-feira, 22; ainda na madrugada, o marido do ator, Thales Bretas, publicou emocionante despedida em seu Instagram, onde afirmou “sempre te amarei”

Ator Paulo Gustavo caracterizado como sua marcante personagem “Dona Hermínia”. | Foto: Reprodução

Brasileiros acordaram tristes, na manhã desta terça-feira, 5, com a notícia do falecimento do ator Paulo Gustavo, vítima da Covid-19. Aos 42 anos, o artista, que estava no auge de sua carreira, era um dos mais admirados no país atualmente. Com a notícia, colegas, amigos e admiradores encheram as redes sociais com fotos e textos emotivos, em que expressaram sua dor e consideração pelo ator e condolências à família.

Paulo Gustavo, o marido Thales Bretas e os dois filhos, Romeu e Gael. | Foto: Divulgação

Após 53 dias internado no Hospital Copa Star, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro, Paulo Gustavo deixou o marido, Thales, dois filhos Romeu e Gael, de 1 ano e de 9 meses, o pai, Júlio Marcos, a irmã, Juliana Amaral, e a mãe, Déa Lúcia Amaral, que inspirou a criação da personagem Dona Hermínia, um de seus papéis mais marcantes no cinema brasileiro.

O velório do artista será realizado no Theatro Municipal do Rio, que cedeu espaço para a cerimônia – que será restrita a familiares e amigos. O evento seguirá os protocolos de segurança contra o coronavírus.

Quadro de saúde

No início da pandemia, Paulo Gustavo já temia ser contaminado pelo novo coronavírus. Em maio de 2020, em uma entrevista para Ingrid Guimarães, o ator revelou suas preocupações por ter asma. “Tenho problema respiratório. A medicina não sabe ainda como esse vírus reage dentro de cada pessoa”, disse.

Paulo foi internado com a Covid-19 no dia 13 de março de 2021 e foi intubado no dia 21. Médicos explicara que o ator já chegou ao hospital com a saturação baixa e falta de ar e precisou da ventilação mecânica dias depois, após seus pulmões inflamarem, devido ao coronavírus.

No começo de abril, Paulo ainda teve uma infecção causada por uma bactéria, o que fez com que fosse submetido a terapia por ECMO, oxigenação por membrana extracorpórea.

Após sinais de melhora, onde chegou a ter redução de sedativos e até interagir com médicos e com o marido, o quadro de saúde de Paulo Gustavo apresentou piora significativa, no último domingo, 2, após o ator sofrer uma embolia pulmonar.

A morte de Paulo foi constatada às 21h12 desta terça-feira, 4, após a publicação de um boletim que informou que o ator mantinha um quadro irreversível.

Repercussão

Foto publicada por Thales Bretas, no post em que se despediu do marido. | Foto: Reprodução do Instagram

O falecimento do ator e humorista, Paulo Gustavo, reverberou em diversas mensagens de carinho nas redes sociais, a começar pelo marido da vítima, Thales Bretas que publicou despedida logo pela madrugada. “Nossa caminhada tinha tudo para ser longa! Linda como vinha sendo… tão feliz! E foi muito! Como fui feliz nesses últimos 7 anos que tive o privilégio de conviver com você! […] Sempre te amarei, para o resto da minha vida!”, declarou.

Ator Paulo Gustavo e atriz Mônica Martelli, amiga de longa data do comediante. | Foto: Reprodução

A atriz Mônica Martelli, amiga de longa data que contracenou com Paulo em “Os Homens são de Marte e é para lá que eu vou” (2014) e “Minha Vida em Marte” (2018), também fez questão de expressar seu amor ao humorista. “Meu irmão, eu te amo e pra sempre vou te amar. Você foi muito bravo e agora pode descansar. Vamos lembrar de você sempre assim. Sorrindo, criando, fazendo o Brasil gargalhar”, afirmou 

Atores Paulo Gustavo e Fábio Porchat. | Foto: Reprodução do Instagram @fabioporchat

Fábio Porchat, estudou teatro na mesma sala que Paulo Gustavo, também se pronunciou. “Estamos todos com você e você está em todos nós”, disse. Já a apresentadora Sabrina Sato, publicou vídeo em que ela, Paulo e a família conversavam. “Eu não estava preparada para imaginar o mundo sem você. Eu não quero acreditar”, destacou.

O escritor Paulo Coelho aproveitou para pedir atenção aos que minimizam a pandemia. “Assassinos de Paulo Gustavo: quem dizia “é só uma gripezinha”, “não passa de 200 mortes”, “cloroquina resolve”, “gente morre todo dia”, “lockdown destrói o país”, “máscara nos faz respirar ar viciado”, “eu obedeço ao comandante”. E por aí vai. Canalhas da pior espécie”, publicou na rede social Twitter.

Também postaram homenagens, que renderam centenas de comentários de apoio do público, o cantor Caetano Veloso, a atriz e cantora Preta Gil, o comediante Marcelo Adnet, as apresentadoras Tatá Werneck, Angélica e Xuxa Meneghel, o comediante Marcus Majella, as atrizes Carolina Dieckmann, Débora Secco e Mariana Xavier, o ator Reynaldo Gianecchini, as cantoras Claudia Leitte e Daniela Mercury, a apresentadora e jornalista Fátima Bernardes, entre outras personalidades.

A morte do ator e humorista também está entre os assuntos do momento do Twitter. Na manhã desta quarta-feira, 5, a cantora Beyoncé publicou uma homenagem ao ator em seu site oficial. Paulo era fã da cantora pop, presenciou diversos shows e chegou a imitar Beyoncé na peça “220 Volts”.

Homenagem de Beyoncé ao ator em seu site oficial. | Foto: Captura de tela do site da cantora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.